segunda-feira, 31 de março de 2014

Bolo de Aniversário

O meu pai, fez 62 anos, e como é habitual, fiquei responsável pelo bolo de aniversário. Fécula de batata foi o bolo que escolhi, é efetivamente muito bom, profundamente fofo e não muito doce.
Já para não dizer que a meu ver ficou bonito.
Parabéns pai, ainda bem que gostaste!


Ingredientes:

6 ovos
250 gr. açúcar
100 gr. de fécula de batata
sumo de meio limão
1 colher de chá fermento

Profiteroles (chuchus):

150 gr .de farinha
50 gr. manteiga
3 gr. de sal
2,5 dl. de água
3 a 4 ovos

Recheio e cobertura do bolo: 

300 dl. de natas
Açúcar q.b 

Recheio e cobertura dos profiteroles:

Creme pasteleiro  q.b
150 gr .chocolate
50 dl. de natas
1 colher de sopa de mel



Preparação bolo:

Pré-aquecer o forno:
Bater as gemas com o açúcar muito bem, junta-se a fécula de batata com o fermento, de seguida o sumo do meio limão e por fim envolve-se as claras em castelo. Unta-se uma forma com manteiga e polvilhada com farinha  e leva-se ao forno durante 25 minutos a 180º. Depois de cozido desenforma-se e deixa-se arrefecer


Preparação dos profiteroles:

Põe-se um tacho com a água, o sal e a manteiga e leva-se a lume forte até ferver, retira-se o tacho para fora e deita-se -lhe a farinha toda de uma só vez, batendo-se  bem com uma colher de pau até se formar uma massa espessa, volta ao lume batendo-se sempre até que a massa se despegue do tacho e da colher  formando uma bola. Retira-se então do lume e vão-se-lhe juntando os ovos um a um batendo bem e levantando a massa para arejar,  até que os ovos fiquem bem incorporados, mas nunca juntar o segundo ovo sem o primeiro  estar completamente incorporado. Se ao deitar o terceiro ovo a massa estiver quase no ponto, bate-se o quarto ovo numa tigela aos poucos até a massa ficar na consistência desejada.
Unte 1 ou 2 tabuleiros com farinha nos quais se vai dispondo a massa com um saco pasteleiro ou com uma colher dispondo aos montinhos, distanciados uns dos outros, leva-se aos forno a forno a 180º durante 20 minutos, também se pode verificar se estão cozidos sacudindo levemente o tabuleiro, se os bolos se soltarem estão prontos, depois de cozidos deixam-se no forno mais 5 ou 10 minutos mas com a porta do forno aberta e com o forno desligado.

Montagem:

Corte o bolo ao meio e recheio com 1/3 das natas que entretanto as bati com açúcar, coloquei a outra metade do bolo e com o resto das natas, reservando algumas natas para a decoração, cobri o bolo todo com as natas. Recheie os profiteroles com creme pasteleiro, e barrei-os com chocolate (derretido em banho maria com as natas e o mel). Depois coloquei os profiteroles sobre bolo, e decorei com as restante natas e creme pasteleiro.





A receita dos profiteroles retirei do livro (O Pequeno Segredo das Cozinheiras)

segunda-feira, 10 de março de 2014

Tiramisù (Falso)

Visualizei esta sobremesa no Kitchen Boss que podem ver no canal televisivo TLC, é a sobremesa predileta da minha filha mais nova que me pede para a executar inúmeras vezes, tem um toque aveludado e um vigoroso aroma de cacau, muito acessível e breve de se concretizar é uma sobremesa que ira deixar toda a família com água na boca, principalmente os mais novos .



Ingredientes:

1 lata de leite condensado
1 colher de (sopa) de água
1 saqueta de pudim de baunilha instantânea
2 pacotes de natas (bem geladas)
300 gr. palitos reine 
Cacau para polvilhar
Café q.b




Preparação:

Juntar ao leite condensado a água, o pudim instantâneo, bater até ficar cremoso e levar ao frio + ou - 1 hora. Bater as natas muito bem, envolver ao preparado anterior com muito cuidado, demolhar as bolachas no café que deve estar frio, no fundo dum pirex pôr uma camada de creme, de seguida as bolachas demolhadas no café, mais camada de creme e polvilhar com o cacau e repetir mais uma vez, mas desta vez a bolacha deve ser sobreposta em sentido contrario, a ultima camada deve ser polvilhada com bastante cacau. Leve ao frio durante algumas horas, quanto mais fresquinho melhor fica, os sabores ficam mais intensos.